Mudança no comércio eletrônico

0
2417
Alterar hospedagem na web de comércio eletrônico

Nos últimos anos, tornou-se cada vez mais claro que nossas cidades estão ficando desertas. Recentemente, foi uma atividade de lazer dar um passeio pela cidade e dar uma olhada na vitrine, você pode ver hoje, nesses, muitas vezes apenas o sinal "fechado". Mais e mais lojas estão fechando suas portas nas cidades do interior e saindo.
Enquanto isso, eles podem ser encontrados nos grandes shopping centers que não suportam vendas nos centros da cidade ou na Internet.

Porque o comércio online ainda está crescendo. Afinal, as lojas aqui têm a oportunidade de apresentar e vender as horas 24 e sete dias por semana, sem equipe adicional. A publicidade na Internet é mais barata que a publicidade impressa, rádio ou televisão. Assim, as empresas podem anunciar aqui com o Google Adwords e o Facebook Traffic se preocupe e venda seus produtos.

A confiança nas lojas online está crescendo

Considerando que, há alguns anos atrás, era impensável fazer compras on-line, hoje as férias são em grande parte reservadas on-line - apenas porque você pode economizar muito dinheiro aqui.
Além disso, as lojas online investem muito esforço no atendimento ao cliente e na fidelidade do cliente. Enquanto isso, as lojas podem ser acessadas por telefone ou e-mail sem muito esforço. Alguns anos atrás, os operadores de lojas on-line eram bastante inacessíveis e você teve sorte se receber uma resposta para uma solicitação de e-mail.
Hoje, os operadores de lojas online levam seus negócios na Internet muito mais a sério. Eles não apenas investiram em rótulos de qualidade como "Lojas confiáveis", como também emitiram um boletim informativo para informar seus clientes sobre novos produtos, ofertas ou informações gerais sobre seus negócios regularmente. Isso cria confiança, os compradores estão muito mais inclinados a gastar seu dinheiro em uma loja on-line.
Além disso, os processos de pagamento e as opções de pagamento tornaram-se muito mais flexíveis e o cliente fica protegido se alguma vez chegar a uma ovelha negra.

É claro que traders como a Amazon são os principais candidatos aqui e nos mostraram como impulsionar ainda mais o comércio on-line. A Amazon é conhecida por oferecer não apenas os preços mais baixos, mas também resolver todos os problemas dos clientes de maneira rápida, fácil e amigável. Por esse motivo, e, é claro, pelos preços baixos, os clientes tendem a comprar lá.

Além disso, as lojas online tendem a compensar cada vez mais a falta de sensibilidade com fotos boas e detalhadas e até vídeos de produtos. Além disso, boas descrições de produtos não apenas garantem uma melhor localização nos mecanismos de pesquisa, mas também informam bem o cliente e o ajudam a tomar uma decisão de compra.

Cidades interiores como área de aventura

Agora que o comércio on-line foi aprimorado e mais e mais varejistas estão percebendo que deveriam pelo menos criar uma posição adicional na Internet, surge a questão de como as lojas nas zonas de pedestres podem se tornar mais atraentes.
Também aqui grandes cadeias como a Lidl nos mostram como fazê-lo novamente - as compras precisam se tornar uma experiência para que possam ficar ao lado das negociações na Internet.
Lidl converte suas filiais e integra - máquinas de café. Isso permite que os clientes fortaleçam suas compras e tomem café antes de entrar na loja. Outras lojas oferecem assentos porque a compra também é de sociabilidade, como você costuma conhecer ou se divertir. É assim que fazer compras se torna uma experiência que você não deseja mais trocar por compras na internet.
Outro exemplo é uma livraria que integra um café e um marcador nos seus negócios há anos. Para que você possa antes da compra do produto, neste caso, o livro, em detalhes, testar, revisar e apenas "ler". Embora isso também seja possível na Internet e, muitas vezes, o cliente pode ler o livro, mas um café durante a leitura é confortável e a seleção, assim como na Internet, é enorme.

Algumas cidades já reconheceram essa tendência e oferecem não apenas uma experiência abrangente de compras em lojas, mas também eventos diferentes ao longo do ano. Aqui, as lojas de vinho se atraem com um delicioso copo de vinho em redondos de convívio e caminhões de comida com iguarias excepcionais.
Uma ampla variedade de ofertas também garante que os clientes retornem às cidades.

Conclusão

Os varejistas podem competir com os varejistas on-line, mas devem estar dispostos a inovar. Só então é possível que as lojas existam em shopping centers e até em áreas para pedestres.
Os varejistas com um pouco de imaginação ainda podem atrair seus clientes para as lojas hoje.
A solução do enigma aqui é:
Dê a seus clientes uma experiência que eles não podem ter na internet. Dessa forma, o varejo também pode muito bem existir além do comércio on-line ou ser um complemento para a compra na Internet.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva seu comentário!
Digite seu nome aqui